Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Conif apresenta à Capes proposta de mestrado para a Rede Federal
Início do conteúdo da página Notícias

Conif apresenta à Capes proposta de mestrado para a Rede Federal

A proposta é voltada para técnicos e professores e contempla linhas de pesquisa sobre educação profissional e tecnológica
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 16/07/2015 12h53
  • última modificação 16/07/2015 12h53

O Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) submeteu nesta terça-feira (14) uma proposta de mestrado profissional em rede à Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). O projeto do Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica (Prof EPT) foi elaborado por um grupo de trabalho do Fórum de Pró-Reitores de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação (Forpog), que contou com a participação de representantes de dez institutos federais.

Cumprindo critérios estabelecidos pelo GT, incialmente foram credenciadas 20 instituições – cada uma dela possuirá um polo com 5 a 12 docentes. As vagas serão para servidores técnico-administrativos e professores de todas as instituições da Rede Federal. O curso será semipresencial, com 510 horas de atividades didáticas, e duas linhas de pesquisa: Práticas Educativas em EPT; e Gestão e Organização do Espaço Pedagógico em EPT. A periodicidade de oferta será anual, abrindo até mil vagas por ano.

De acordo com a coordenadora da Câmara de Pesquisa e Inovação do Conif, Maria Clara Schneider, o programa, que é um sonho antigo da Rede Federal, passará por um constante processo de aperfeiçoamento e poderá ser ampliado. “O Conif e o Forpog estão à disposição da Capes no decorrer da análise e atentos para o que for necessário, seja para fazer melhorias ou prestar esclarecimentos sobre o projeto”, disse.

O GT é coordenado pelo pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação do Instituto Federal do Goiás (IFG), Ruberley Rodrigues de Souza, e têm como integrantes Joana Peixoto (IFG), Alexandre Lopes de Oliveira (IFRJ), José Espínola Junior (IFS), Raymundo Ferreira Filho (IFSul), Cristhianny Barreiro (IFSul), Rony Cláudio de Oliveira Freitas (Ifes), Francisco Regis Vieira Alves (IFCE), Maria dos Anjos Lopes Viella (IFSC), Frederico Souza Lima Caldoncelli Franco (IF Sudeste MG), Rogério Murta (IFNMG) e Robson Caldas de Oliveira (Setec).

* Com informações da Assessoria de Comunicação do Conif

Fim do conteúdo da página